Literatura Infantil: Março 2011

quarta-feira, 30 de março de 2011

Quarta-feira: Respondendo na Literatura -38














E-mail:Bom dia!

Quero parabenizá-la pelo seu blog,muito boa a temática.

Sou contadora de história, porém estou há pouco, nessa jornada. Gostaria de algumaS dicas, para contar história. Gostaria de incrementar nas minhas contações. Grata pela sua atenção!

Vivian

____________________________________________________________

responder rutebeserra para Vivian mostrar detalhe 16 de mar(14 dias atrás)

Olá Vivian, seja sempre bem vinda a Literatura, obrigada pelo carinho de suas palavras.

Sempre digo que um contador de histórias é também um encantador de ouvintes.

Para ser uma bom contador de história, os ingredientes são: emoção,paixão,entusiasmo

Essa é a base.

Você tem que ter um coração cheio de amor e paixão, bons ouvidos,bons olhos,muitas histórias.

Leia bastante, (ler é o que mais faço, sempre estou com um livro na mão, seja de literatura infantil ou outros gêneros).

A voz é um ingrediente muito importante ao contador, pois atrávés dela, o contador materializa, emoções, tristeza, alegria, euforia, tranquilidade.

Antes de contar qualquer história se familiariza com ela, é importante saber o que está contando e estar atento a improvisação.Tenha cuidado com a voz(dificilmente bebo água, suco, refrigerante gelado). Coma futas, maça, ajuda na limpeza da boca e da laringe.

Ao contar história esteja a vontade, sem usar roupas apertadas.

Mantenha uma postura reta e relaxada, principalmente quando estiver falando.

E sempre que for contar uma história é bom utilizar de adereços que marque a mudança de papéis.

Abuse dos recursos: Casinha de fantoche, músicas, teatro de sombra, bonecos, máscaras(nada que asssuste a criança), etc..etc...

Quando tiver um tempinho passeie pela Literatura, postei outras dicas sobre recursos para contação.

Postei fotos para você visualizar, as contações.

Tanto adulto como criança amam ouvir histórias.


Vivian, tenho diploma de contador de história mas, para ser uma ótima contadora de história preciso estudar e estudar muito.Por isso sempre estou participando de curso e oficina e workshop de contação.Há contadores maravilhosos, que contam histórias que me deixam de boca aberta. E me espelho neles para fazer o melhor com minhas contações.Estou no começo ainda,caminhando...

Qualquer dúvida que tenha, estou a sua disposição, obrigada

Beijos

Rute Beserra.

Entrou por uma porta e saiu pela outra

quem quiser que conte outra....

Imagem: Arquivo Foto Pessoal




quarta-feira, 16 de março de 2011

COMUNICADO

Devido compromisso de trabalho e também cursos de capacitação, Literatura Infantil estará inativo por 12 dias. Voltará com suas postagens normais dia 28/03/2011.Desde já peço desculpas aos amigos(as) blogueiros , por esses dias não visitarei o blog de vocês. Mas logo voltarei a visitar.
Os leitores que enviaram suas dúvidas para respondendo na Literatura, aguarde ,responderei ok?
Agradeço a compreensão de todos!
Beijos
Rute Beserra.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Literatura de Cordel




Literatura popular, impressa em forma de versos, apresentada em pequenos folhetos que trazem histórias fantásticas saidas da imaginação dos seus criadores.
("A mãe que xingou o filho na frente e ele nasceu com chifre e com rabo"). ou relatam tragédias. ("As enchentes no Brasil no ano de 74"), fatos históricos(" A guerra dos canudos"). etc...
Os folhetos são livrinhos de 4 por 6 polegadas, impresso em papel barato e geralmente tem capa ilustrada por xilogravura.Por muito tempo, esses folhetos foram a única fonte de informação e divertimento da população mais pobre do nordeste e ainda hoje eles são encontradas em feiras-livres e mercado populares.
O termo Literatura de Cordel deve-se ao fato de que os folhetos ficavam exposto à venda pendurados num barbante(cordão, cordel). A origem do folheto do cordel, segundo Luis da Camâra Cascudo, deve-se a iniciativa dos cantadores de viola em imprimir e vender a sua poesia e a adaptação à poesia das histórias em prosa que vieram de Portugal e da Espanha.
Em Portugal o folheto era conhecido por "Literatura de cego", devido a uma lei promulgada por dom Dom João VI que limitava a sua venda a Imandande do Menino Jesus dos Homens Cegos de Lisboa.
O folheto em Portugal era escrito em forma de prosa. Ao chegar ao Brasil, passou a ser escrito em sextilhas de versos de sete sílabas. O primeiro brasileiro a publicar um romance de cordel foi, provalvemente, Silvio Pirauá(1848/1913) famoso cantador de viola paraibano.
Os poetas populares do Nordeste dividem a Literatura de Cordel em dois tipos: Romances(ficção) e folheto de época( narrativa de fatos).
Fonte: http://www.amoremversoeprosa.com/P465cordel.htm
Fonte>Imagem da Internet

sexta-feira, 11 de março de 2011

Análise do livro: A Guardiã dos Gansos

Todo livro de Literatura Infantil que leio tenho mania de analisar, e esse, não foi diferente.

MINHA ANÁLISE Esse conto dos imãos Grimm(A Guardiã dos Gansos), nos mostra que a inveja é a principal causa dos fracassos das pessoas que a cultivam.
Quando a criada partiu com a princesa em busca do príncipe para casar , ela já tinha inveja e ambição para as coisas da princesa. Tanto que roubou a posição dessa, com inveja do patrimônio alheio.
Reportamos aqui uma parte da história"A criada diz a princesa que não era empregada dela, quando essa pediu água.
_Fique aonde está, eu montarei no Tagarelo(cavalo), você suba na mula.
Eu quero suas roupas, tire-as e vista a minha, eu visto a sua.
Ao chegar no palácio, se apresentou como princesa e a princesa como criada.
Ela disse algo ao contrário da verdade.
Por acreditar em sua mentira ou melhor para não ser descoberta, pediu que matasse o Tagarelo o cavalo da princesa.
Com essa atitude, mostrou-se uma pessoa perversa.
A princesa começou a ser conhecida como guardadora de gansos, com certeza se sentindo humilhada porém por ter sido coagida não falar a verdade.Se calou diante da tal realidade.
Como o mentiroso é sempre desmacarado(a), a sua farsa não foi muito longe.
O príncipe descobriu a verdade através do guardador de gansos. Chamou a princesa e essa contou a verdade dentro de um forno.Como castigo a criada foi arrastada dentro de um barril, pelos cavalos em uma velocidade incrível ao parar o cavalo , ninguém teve coragem de abrir o barril para ver como estava lá dentro."


Talvez sua análise seja diferente da minha. Mas acredito que Literatura Infantil e Juvenil nos faz ser leitores críticos e formadores de opiniões.
Dúvidas: Porque a princesa, obedeceu a criada?
Qual segredo de Tagarelo?
O que a princesa estava fazendo dentro do forno?
Que tal queridos leitores, vocês lerem essa história hein? Tenho certeza que irão se encantar.
Título: A Guardiã dos Gansos
Autor: Irmãos Grimm
Imagem: Foto Arquivo Pessoal

quarta-feira, 9 de março de 2011

Quarta-Feira: Respondendo na Literatura- 37


E-mail: Boa noite Rute.

Quero parabeniza-la pelo blog, já à venho acompanhando desde maio de 2010. E em um desses acompanhamentos tenho sentido falta de seus manuscritos. Pretende lançar um livro com eles , já pensou nisso?

Beijos

Djalma

------------------------------------------------------------------------------------------
responder rute beserra para Djalma mostrar detalhe 28 de fev(9 dias atrás)
Olá Djalma, seja sempre bem vindo a Literatura Infantil. Obrigada pelo carinho.
Diante de uma caneta e um papel na mão, escrevo, e muitas vezes esses escritos se tornam historietas, digo historietas, porque são textos curtos. Outras vezes esses textos, são situações que acontecem comigo. Ex: O da Barca , e outras situações que também já postei aqui.
A minha agenda, é cheia de escritas, escritas essas que por mim são chamadas de Manuscritos.
Ainda, não tenho pretensão de escrever um livro com essas historietas, porque acredito que as escrevo por hobby. Segue os links dos manuscritos para vc, rever as histórias.
http://rute-rute.blogspot.com/2010/07/manuscritos.html Título: Preciso ser igual a Barbie?
http://rute-rute.blogspot.com/2010/08/manuscrito.html Título: O vestido vermelho de Dona Joaninha
Título: Bom final de semana
Título: O olhar mais atento na Brincadeira
Título :A Barca
Título: Quem disse que criança não presta atenção
Espero ter respondido sua pergunta. Qualquer dúvida estou a sua disposição.
Beijos!
Rute Beserra.
Imagem:Contador de história-Blog KRIATIVA

sexta-feira, 4 de março de 2011

COMUNICADO


Devido o recesso de carnaval Literatura Infantil voltara suas postagens dia 09/03/11.
Desejo a todos um ótimo final de semana.
Beijos a todos!
Rute Beserra.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Quarta-Feira: Respondendo na Literatura-36


E-mail: Olá tudo bem? Tenho pesquisado seu blog, e percebi o quanto ele é interessante, dinâmico e muito útil para o leitor.Parabéns ao blog. O que achei bacana, é que vc dá dicas, e ao mesmo tempo responde a seus leitores.
Olhando postagens anteriores, eu vi um cenário a qual tinha uma fábrica, gostaria de saber, qual o material que foi usado para fazer a fumaça. Achei muito interessante. Preciso fazer um cenário e gostei da idéia da fábrica.
Agradeço!
Ana Paula
__________________________________________________________________
responder rutebeserra para AnaPaula mostrar detalhe 20 de fev(10 dias atrás)
Olá Ana Paula seja sempre bem vinda. A intenção do blog Literatura Infantil, é compartilhar e adquirir conhecimentos e procuro fazer isso de uma forma clara e objetiva. Obrigada pelo carinho.
O cenário da fábrica foi usado por mim em uma contação.
E a fumaça é um tule. Que antes era branco e foi tingido de preto, para fazer fumaça preta.
Qualquer dúvida estou a sua disposição!
Beijos
Rute Beserra.
Imagem: Foto Arquivo Pessoal

terça-feira, 1 de março de 2011

Os Meios de Comunicação e a Leitura

Imagem http://www.planetaeducacao.com.br/

Os modernos meios de comunicação sabem apresentar as velhas histórias acompanhadas de som imagem, de uma maneira tão bonita e fascinante, que os velhos contadores de histórias não se arriscam mais em abrir a boca, a história vem tão completa que não precisa pedir informação a mais, nem mesmo é necessário usar a imaginação.
No entender de Caruso(2003), atualmente há opção de lazer como televisão e videogame. Muitas crianças estão sobrecarregadas de atividades como natação, futebol , além das obrigações da escola, lição de casa. O tempo que eles teriam que ler um livro está diminuindo. Infelizmente esse é o comportamento que está ocorrendo não só com as crianças mas com adulto também. E até, por um aspecto cultural do Brasil, falta incentivo, o Brasileiro não tem cultura da leitura.
Diante dessa realidade cabe a perguntar: o que os educadores estão fazendo para resgatar o gosto imaginário nas leituras?
Por isso é de suma importância que os professores batalhem pelo resgate lúdico, do gosto de expressão oral/corporal, gosto pela leitura, pelos desenvolvimentos dos sentidos e sentimentos.
Como Pedagoga e Contadora de história a minha intenção é proporcionar a criança que ouve história: imaginar , fantasiar, e o gosto de querer sempre ouvir ,ler mais e mais para se tornarem críticos e bons leitores.

Fonte:Esse texto faz parte da minha tese de monografia com o tema: Contar História:Uma Estratégia para Desenvolvimento do Letramento Literário.
Design by Juliana Garcia