Literatura Infantil

domingo, 14 de agosto de 2016

Feliz dia dos Pais

Pai, sei que sempre posso contar com a tua força, com o seu amor e com tua sabedoria. O Dia dos Pais é o momento ideal para te dizer muito obrigado por tudo o que você fez por mim até hoje. Eu te amo demais.
Feliz Dia dos Pais a todos  Pais!

sábado, 30 de julho de 2016

Contação de História- Livraria da Vila- Loja Moema




 Beijos a todos presentes.







Fonte : Foto Arquivo Pessoal

terça-feira, 26 de julho de 2016

Convite

sexta-feira, 29 de julho de 2016
ATIVIDADE INFANTIL
CONTAÇÃO DE HISTÓRIA: A CASA SONOLENTA

Com: Rute Beserra
Idade indicada: de 4 a 10 anos

Evento gratuito
Horário: das 16h às 17h
Local:  TÉRREO

Loja  Moema - Livraria da Vila
Av. Moema 493 - Moema |  Telefone:  (11) 5052-3540

domingo, 24 de julho de 2016

Contação de História- férias na Vila-Livraria da Vila- Fradique

Olá .hoje a tarde contei história na Livraria da Vila- Vila Madalena. A história contada foi o lançamento do Livro : TROMBA- TROMBA  de  David Mckee.
Contei história em teatro de sombras, foi muito legal. Agradeço aos pais , crianças e  amigos presentes. Conforme combinamos não postei  as imagens  das crianças realizando dobradura e brincadeiras.





Fonte da imagem:FOTO ARQUIVO PESSOAL

sábado, 23 de julho de 2016

Contação de História- Férias na Vila- Livraria da Vila -Shopping Cidade Jardim

Olá hoje contei história no Shopping Cidade Jardim- Loja- Livraria da Vila,  com a presença do Gabriel Alvico, no violão para as contações.





FONTE FOTO ARQUIVO PESSOAL
Agradeço pais e  crianças presentes.

domingo, 17 de julho de 2016

Férias na Vila -Contação de História- Livraria da Vila -Lorena


 Hoje contei história na Livraria da Vila- Loja Lorena, com a participação  da querida Yoyo- cantando. Agradeço as crianças e pais presentes.





IMAGEM: FOTO ARQUIVO

sábado, 16 de julho de 2016

Férias na Vila- Contação de História Loja Moema

Olá , estarei participando do férias na vila- Livraria da Vila . Dias 16, 17, 23, 24 e 29 de julho.

Hoje estive em Moema. Agradeço aos pais presentes e crianças. Quem me acompanha no blog  sabem que eu só posto fotos das crianças se os pais autorizarem.Do contrário não. Por isso só minha imagem nas fotos na postagem de hoje.







 IMAGEM: FOTO ARQUIVO PESSOAL

quinta-feira, 14 de julho de 2016

O (a) sorteado (a) do livro "Navio Negreiro No Mar do Branco do Olho foi:



Olá queridos leitores quero agradecer a participação de todos no sorteio do livro.
A autor  do livro escolheu a resposta  da leitora  Adriana que mora na Bahia

A pergunta era: Gostaria de ganhar   um exemplar do livro do Navio negreiro no Mar do  Branco do Olho  porque:


AdrianaAnexos09 de jul (5  dias atrás)
para mim

10-Adriana- Bahia
Rute parabéns pela entrevista ao escritor, autor, professor  e muito mais a Clóvis Levi. Conheço  o livro dele  A cadeira que virou sofá. Brilhante história  que faz  a cadeira contar que já namorou um trono rei e chorou por sua amiga cadeira ter quebrado duas pernas durante uma briga em um boteco. Navio Negreiro deve ser mais uma dessas histórias intrigantes,com fantasmas , crianças, cachorro e porões sujos e correntes  fazendo barulhos. Ah, gostaria de ganhar para saber se a minha intuição está certa. Beijos RUTE

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------


Resposta do autor:

jose oasys

13 de jul(1 dia atrás)
para mim
Olá, Rute,
Clovis mandou o veredito. 

Escolhi a resposta 10, da Adriana, da Bahia. A resposta é boa também porque ela já é minha leitora e faz elogios à Cadeira que queria ser sofá.



Parabéns Adriana, enviei um e-mail a você. Responda-me com o seu endereço para que eu possa
enviar o livro via  correio.


Obrigada ao Clovis e  a assessoria de imprensa pela parceria ao Blog Literatura Infantil

IMAGEM:Foto Arquivo Pessoal

sábado, 9 de julho de 2016

Ler livros é...

Obs: O sorteio  do livro do escritor:  Clovis Levi  autor do livro" Navio Negreiro no Mar do Branco do Olho"  será no dia 14/07. Agradeço os amigos que estão enviando suas respostas para o  meu e-mail.  Peço-lhe desculpas por minha  não visita aos blogs dos amigos, mas realmente estou muito atarefada com as contações.
Beijos

sábado, 2 de julho de 2016

Entrevista com o escritor: Clovis Levi autor do livro" Navio Negreiro no Mar do Branco do Olho"

Olá amigos leitores (as) , apresento a vocês:
 O novo livro infantil de Clovis Levi  " Navio Negreiro no Mar do Branco do Olho" um romance de teatro infanto juvenil.

Com sua habilidade natural para tratar temas espinhosos junto às crianças, o escritor e dramaturgo Clovis Levi apresenta uma peça teatral em que a protagonista é o fantasma da pequena Anastácia, escrava e santa popular brasileira, liderando uma revolta de crianças escravas em um navio negreiro. Personagens como a cadela Xinxa e um menino com duas cabeças – que dialogam e brigam entre si – tornam ainda mais encantadora esta fábula sobre escravidão, infância, amor e liberdade.

O autor concedeu uma entrevista a Literatura Infantil e presenteou  meus leitores com o seu livro


Literatura Infantil: Em primeiro lugar quero agradece-lo por ter concedido a entrevista para o blog. Em segundo lugar é um prazer como Contadora de História conhecer novos escritores!

Clovis Levi: É um prazer colaborar com o blog Rute Rute.

Literatura Infantil: O seu mais recente livro: Navio Negreiro “No mar do Branco do olho é uma peça infanto-juvenil a ideia era lança-lo em livro ou apresentar a peça no teatro”?

Clovis Levi: Com o título de No Mar do Branco do Olho, essa peça conquistou Menção Honrosa no Concurso de Dramaturgia Ana Maria Machado, em 2011 ou 2010. Ano passado o meu editor no Rio, Regis Rosa (Editora Viajante do Tempo) pediu o texto para dar uma olhada. Eu estava insatisfeito com algumas soluções dramatúrgicas e, trocando ideias com o Regis, reescrevi a peça. Passou, então, a se chamar Navio Negreiro no Mar do Branco do Olho. Todo dramaturgo escreve uma peça pensando preferencialmente em montá-la e não em editá-la. Quando consegue as duas coisas, ótimo. Já estamos trabalhando na encenação da peça aqui no Rio de Janeiro, mas também recebi sondagens para montá-la na Bahia.

Literatura Infantil: Em que momento começou a escrever suas histórias? (“O pinguim que morria de frio”, “A cadeira que queria ser sofá”, “O Beco do pânico”, “Proibido pensar”)

Clovis Levi: Sempre escrevi para teatro e televisão. Para crianças e adolescentes, comecei a escrever a partir do nascimento da minha neta, Izadora, dez anos atrás.

Literatura Infantil: O que é ser escritor?

Clovis Levi: As definições são muitas. Fico com essa: um trabalhador diário que se diverte enquanto trabalha.

Literatura Infantil: Que autores influenciaram sua forma de escrever?

Clovis Levi: Não sei dizer.

Literatura Infantil: A crítica literária ajuda ou atrapalha?

Clovis  Levi: Os suplementos literários morreram; se nós, autores não-best-sellers, somos entidades abstratas para a maioria da população, o que dizer dos críticos literários? Não se fala mais em Literatura como se falava décadas atrás. Conclusão: se a mídia (internet ou não) falar dos livros, mesmo que fale mal, já ajuda. E muito.

Literatura Infantil: Alguma experiência engraçada, curiosa ou dramática ocorrida devido algum texto que você escreveu?

Clovis Levi: Conto uma experiência dramática. Em Portugal, onde foi lançado originalmente O Beco do Pânico, visitei muitas escolas para conversar com alunos, pais e professores. Saí de Portugal em 2012. Agora, em fevereiro, voltei lá para participar do Segundo Encontro de Literatura Infanto-Juvenil dos Países Lusófonos e uma professora contou a seguinte história: um aluno dela a procurou para dizer que estava tão desesperado por sentir atração por meninos que, com muito medo, já pensava em se matar. E falou que, depois da minha visita à escola, ele tomou coragem, contou para os pais e, hoje, sente-se um adolescente com aquilo que ele não tinha mais: a liberdade. Ouvir isso compensa todas as dificuldades. O Beco do Pânico trata exatamente disso: do desespero que se instala num adolescente ao perceber que sente atração por homens.

Literatura Infantil: Como você enxerga a explosão dos livros digitais?

Clovis Levi: Eu gostaria de ver uma verdadeira explosão, no que se refere à divulgação e à leitura de livros. Para mim o que está acontecendo ao invés de explosão fica mais para um suspiro. Isso tudo pode parecer excesso de amargura. Nada disso. Eu e meus livros somos sempre bem-humorados.

Literatura Infantil: “Navio Negreiro No mar do Branco do olho”. Título interessante e ao mesmo tempo gera certa curiosidade pela ilustração da capa. Como foi o processo da ilustração, você ajudou a Vanessa Rosa na ilustração?

Clovis Levi: A Vanessa Rosa é uma artista plástica extremamente talentosa – não precisa da minha ajuda. Seus desenhos revelam a junção da expressividade com a sensibilidade. Mas, como sempre acontece, trocamos algumas ideias. Realmente, o título tem recebido muitos elogios. E a peça também. A Stella Maris Rezende, por exemplo, me mandou esta mensagem: “Acabei de ler e amei "Navio negreiro no mar do branco do olho". Texto de dramaturgia que encanta do início ao fim. Parabéns, amigo! Você arrasou! Adorei seu texto! De uma beleza poética!... Fiquei apaixonada pelos personagens encantadores! Dramaturgia de alto nível, meus parabéns!”

Literatura Infantil: Que influência a internet exerce em sua escrita?

Clovis Levi: Influência sempre positiva e sempre renovada: a enorme abertura para um contato com livros, escritores, blogs, feiras, notícias; e a divulgação do meu trabalho através da página Clovis Levi Escritor, no Facebook.

Literatura Infantil: Como os leitores podem conhecer seu trabalho?

Clovis Levi: Lendo os meus livros; me convidando para ir às escolas; visitando a página Clovis Levi Escritor, no Facebook.

Bate-bola

Literatura Infantil

Uma lembrança: Colégio Nova Friburgo, da Fundação Getúlio Vargas.

Um sabor inesquecível: as “comidas de mamãe”.

Uma saudade: do bom futebol brasileiro.

Um livro: Cem anos de solidão, do Garcia Marquez.

Uma canção: são muitas.

Um sonho: que a miséria (em todas as suas variantes) deixe de existir.

Um (a) escritor: Nelson Rodrigues.

Um (a) ilustrador: Cito as que trabalharam comigo: Vanessa Rosa , de Navio Negreiro no Mar do Branco do Olho; e a portuguesa Ana Biscaia, de A cadeira que queria ser sofá que, com esse livro, conquistou o Prêmio Nacional de Literatura de Portugal.

Literatura Infantil: Agradeço seu tempo e disponibilidade para responder as perguntas.


Clovis Levi: Estarei sempre à sua disposição. Um abraço.


Sorteio: Que tal ganhar um exemplar do livro:  Navio Negreiro no Mar do Branco do Olho"

É bem simples Complete a frase. Eu gostaria de ganhar esse livro, porque...........
Envie sua frase para o meu    e-mail para que eu possa entrar em contato. (rutesb@gmail.com)
Enviarei ao autor para que escolha a melhor resposta. 
O sorteio será no próximo  sábado dia  14/07/16
Bora participar?
 Imagem concedida pela assessoria de imprensa 

Design by Juliana Garcia